[Imprimir]
​O Instituto Português do Desporto e Juventude proferiu a sua intenção de decisão sobre o pedido de reconhecimento da formação realizada na Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro (UTAD) no programa nacional de formação de treinadores de FUTEBOL.
As decisões comunicadas, devidamente fundamentadas com o parecer da Federação Portuguesa de Futebol, foram:
1) Reconhecimento TOTAL para o grau I de formação, com a conclusão do curso de 1º ciclo de Ciências do Desporto, ramo de Jogos Desportivos Coletivos (Futebol).
Este grau é também designado de UEFA “C” Raízes, enquadrado na Carta “Grassroots” da UEFA; e habilita a desempenhar a profissão de treinador desportivo, fundamentalmente no Futebol de 7.
2) Reconhecimento TOTAL para o grau II de formação, com a conclusão do curso de 2º ciclo de Ciências do Desporto, especialização em Jogos Desportivos Coletivos (Futebol).
Este grau é também designado de UEFA “B” Basic, correspondente ao enquadramento inicial mínimo definido pela Convenção de Treinadores da UEFA (“UEFA Coaching Convention”) e habilita a desempenhar a profissão de treinador desportivo, fundamentalmente nos escalões de formação do Futebol de 11, campeonato nacional de seniores e campeonato nacional de Futebol feminino.
Este é também um reconhecimento às condições de formação disponibilizadas pela UTAD, nomeadamente no apoio de formadores credenciados, à inovação pedagógica e tecnológica, ao apoio científico e à extensão comunitária.
NImp