Foto: Estudantes de Comunicação e Multimédia da UTAD estão nomeados para os Prémios Sophia Estudante
[Imprimir]
​Realizou-se em Sabrosa, entre 2 e 5 de Outubro, o III Encontro da Rede Mundial de Cidades Magalhães.
O programa do encontro incluiu várias reuniões de trabalho, entre as quais uma mesa redonda sobre oportunidades de cooperação no âmbito da Rede e eventos culturais. Houve ainda oportunidade para uma passagem pela UTAD, no dia 4 de Outubro, onde as delegações das diferentes cidades foram recebidas pelo Reitor para um almoço de trabalho, no Restaurante Panorâmico da UTAD, e uma visita ao campus.
Criada há cerca de três anos, a Rede Mundial de Cidades Magalhães, visa promover e realizar ações conjuntas com vista ao estudo, divulgação e valorização de um facto universal incomparável: a Primeira Viagem de Circunavegação. Visa ainda a coordenação e encaminhamento de todos os contributos para a celebração do V Centenário da Viagem, durante o período de 2019 a 2022; e a promoção do conhecimento e intercâmbio cultural, socioeconómico, científico, tecnológico, turístico e espiritual entre os diferentes povos e comunidades que constituem a Rede.
No Encontro, que contou com participantes da Argentina, Cabo Verde, Chile, Espanha e Filipinas, além de Portugal, foi aprovado o Plano de Ação da Rede para o período 2014-2022, e assinados protocolos de geminação entre o município de Sabrosa e as cidades de Cebu (Filipinas) e Porto de S. Julião (Argentina). Foi ainda inaugurada uma exposição de fotografia de Roberto Santandreu e a “Instalação Fernão de Magalhães”.
No âmbito do seu Plano de Ação, a Rede comprometeu-se a dinamizar a criação de uma Rede paralela de instituições de investigação e ensino superior, bem como a desenvolver projetos de carácter científico e cultural, nos quais a UTAD poderá participar.
NImp