Foto: Entrada UTAD
[Imprimir]
Promover a dignificação do burro, consolidando e difundindo o conhecimento científico sobre este animal e melhorando a base para a sua qualidade de vida e de sobrevivência, foi o mote do II Congresso Internacional de Medicina Veterinária dedicado ao estudo dos Asininos, que decorreu na UTAD de 31 de outubro a 2 de novembro. Para debater esta temática, estiveram presentes oradores e participantes de Inglaterra, Portugal, Espanha e Itália.
O Burro, outrora símbolo de trabalho, hoje em dia, símbolo de simpatia e companhia, concentrou a atenção de um dia de workshops práticos e um fim-de-semana de palestras para alunos da UTAD, visitantes e professores. A organização foi repartida entre a Associação dos Estudantes de Medicina Veterinária (AEMV-UTAD) e a Associação para o Estudo e Proteção do Gado Asinino (AEPGA).
A Associação para o Estudo e Proteção do Gado Asinino – AEPGA tem vindo a mostrar-nos ao longo dos anos o quão valioso é o Burro de Miranda para a nossa cultura e o quão importante é preservar esta raça.
Com a colaboração da Associação de Estudantes de Medicina Veterinária da UTAD conseguiu, com este congresso, dar a conhecer características da espécie, da raça e novos estudos que têm vindo a ser realizados nesta área.
Com um balanço muito positivo, ficou a ideia de que mais eventos destes são necessários pois ainda muito há para aprender sobre esta espécie, bem distinta do cavalo, devendo merecer cada vez mais formação e prestação de cuidados especializada.
Cartaz (VER)
NImp