[Imprimir]
A residência universitária de Codessais, em Vila Real, (também designada R6/SASUTAD), comemorou 25 anos no passado dia 10 de dezembro.
Reconhecida como “porto de abrigo” para muitos alunos deslocados que, ao longo dos anos, ali desenvolveram “laços para a vida”, esta residência mantém-se como elo de ligação entre antigos e atuais funcionários e alunos, pelo que a celebração dos seus 25 anos aproximou uns e outros num interessante convívio.
A iniciativa foi organizada pela comissão de residentes, que é constituída por alunos que têm também participação na gestão da residência. Dela fez parte, para além de um jantar comemorativo, a abertura de uma exposição documental evocativa das memórias daquele espaço, tais como o ato de inauguração da infraestrutura e também muitos registos dos hábitos de utilização, testemunhos de alunos, etc. Esta exposição manter-se-á até 28 de fevereiro de 2015.
Recorde-se que este equipamento, inaugurado a 10 de dezembro de 1989, pelo então Primeiro-Ministro Aníbal Cavaco Silva, sendo Ministro da Educação Roberto Carneiro e Reitor da UTAD Fernando Real, aconteceu numa data também marcada pelo primeiro doutoramento Honoris Causa na Universidade, que distinguiu o Primeiro-Ministro dos Países Baixos, Rudolphus (Ruud) Lubbers.
A residência, que é igualmente a sede dos Serviços de Ação Social da UTAD (SASUTAD), tem 8 andares, num total de 40 quartos. Ao longo dos anos a capacidade de acolhimento de alunos foi variando, sendo que no ano inaugural existiam 28 quartos quádruplos e 12 duplos.
Atualmente existem quartos duplos, triplos e quádruplos, incluindo quartos adaptados para alunos com necessidades especiais.