[Imprimir]
No âmbito da Semana da Ciência e Tecnologia da UTAD, e numa organização partilhada pela Universidade, a Câmara Municipal de Vila Real e o Estabelecimento Prisional, realizou-se a 25 novembro, no interior da prisão, um colóquio debate dirigido aos reclusos e pessoal de apoio, subordinado ao tema “O universo lendário transmontano: um universo de aprendizagens”.
Alexandre Parafita, investigador do Centro de Estudos de Letras da UTAD, foi o orador convidado que proporcionou aos reclusos “uma experiência singular e estimulante”, ao confrontá-los com alguns saberes estabilizados na cultura popular, em especial os que preenchem o universo lendário das comunidades rurais.
Oriundos, em grande parte dos meios rurais, os reclusos “acolheram com interesse” o tema do colóquio, despertando, em especial, para os valores da ética e da cidadania que as gerações mais antigas procuram transmitir através da literatura oral tradicional.
A diretora do estabelecimento prisional, Celeste Sales Martins, “louvou a disponibilidade da UTAD para a realização deste evento e manifestou o desejo de que outras ações, no âmbito da cultura e do património, ali sejam realizadas com idênticas parcerias”.