[Imprimir]
O Departamento de Zootecnia da Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro (UTAD) está a investigar, em colaboração com o Zoomarine, o valor nutricional do leite de golfinhos, com vista à criação de um banco de leite que permita socorrer crias em risco.
Este estudo, que incide na caracterização da composição de leite de golfinho-roaz (Tursiops truncatus) e do efeito da congelação no seu valor nutricional, foi desenvolvido no âmbito do Mestrado em Medicina Veterinária da aluna Mariana Silva sob a orientação de Ana Luísa Lourenço (docente e investigadora da UTAD) e de Carla Anne Flanagan (médica veterinária do Zoomarine), e constitui um primeiro passo no sentido de construir um banco de leite para esta espécie.
Este banco terá como objetivo manter disponível leite natural da espécie, com vantagens nutricionais e imunológicas em relação às fórmulas artificiais de leite, que permita fazer frente às necessidades de aleitamento de crias com falhas nos cuidados maternos ou órfãs.
Pela sua novidade e potencialidade, este estudo será apresentado sob o tema “Primeiros passos na criação de um banco de leite de Golfinho” no 43º Simposium Anual da Associação Europeia para os Mamíferos Aquáticos, que decorrerá no próximo mês de Março, na Suécia.