[Imprimir]
O Prémio Jovem Arquiteto Paisagista 2014, a maior distinção em Portugal para estudantes de arquitectura paisagista, acaba de ser atribuído a três alunos da Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro (UTAD), autores de um projecto inovador de requalificação do espaço urbano.
Os jovens premiados, Nélson Soares, Ricardo Bessa e Sérgio Oliveira, alunos de Arquitetura Paisagista ​da UTAD, prepararam, originalmente, um projeto para a participação no concurso público de ideias para estudantes “Seoul Urban Design 2013”, na Coreia do Sul. O desafio era a requalificação de uma zona de auto-estrada no centro da cidade de Seul e visava a sua devolução como espaço público. Na proposta do grupo, foi seguida uma estratégia de regeneração urbana através da implementação de um corredor verde articulado com o tecido urbano envolvente, até então segregado. Inclui o projeto de áreas residenciais, um complexo de distribuição, o parque linear, diferentes tipologias de corredores verdes, hortas urbanas, jardins de proximidade, pomares, estruturas, praças, entre outras.
O conceito “Slow Down Seoul”​ envolve a invocação dos cinco elementos no Parque Linear Wu Xing, mas centra-se sobretudo na procura por uma vida mais desacelerada, como oposição ao denso e intenso ritmo da cidade. O trabalho reflete a abordagem do arquiteto paisagista ao nível do planeamento e projeto do espaço urbano.
Este prémio é promovido pelo Jornal Arquiteturas e pela Vibeiras, contando com o apoio da Associação Portuguesa dos Arquitetos Paisagistas.