[Imprimir]
 
Manuel Joaquim Martins de Freitas, advogado na cidade da Régua e mestre em Cultura Portuguesa pela UTAD, acaba de ser distinguido com o Prémio Literário A. Lopes de Oliveira, atribuído pela Câmara Municipal de Fafe, pela sua obra João de Araújo Correia – Cronista das Gentes do Douro.
A obra agora premiada, que apresenta João de Araújo Correia como o grande “historiador do Douro” é a edição da dissertação de mestrado realizada na UTAD, sob a orientação de Fernando Moreira, docente do Departamento de Letras Artes e Comunicação, que assina agora o respetivo prefácio. Nele, Fernando Moreira reconhece que Manuel Freitas “repõe justiça à ação desenvolvida por João de Araújo Correia, nem sempre apreciada com a importância que merece”.
O prémio agora atribuído pelo Município de Fafe, é respeitante a obras publicadas nos anos de 2013 e 2014 na área dos Estudos Histórico-Sociais de Âmbito Local e Regional.
A UTAD congratula o seu antigo aluno por esta distinção.