[Imprimir]
 
“Presto a minha sentida homenagem e eterna gratidão ao grande cientista e humanista Professor Mariano Gago!
Será sempre recordado como excelente governante, cientista e pessoa.  Sem Mariano Gago, a Ciência Viva nunca teria existido. Identifico-me sobretudo com o Professor Mariano Gago,  ao querer que a Ciência seja para todos. Sou viciada nas atividades de Geologia de Verão desde que surgiram, pela primeira vez em 1998, todos os anos pelo menos 4 dias das minhas férias têm sido dedicados a esta causa!
Em 2003, no intervalo em que deixou de ser ministro, foi o convidado especial do V Mini-Fórum Ciência Viva da UTAD. Contactamo-lo  várias vezes para dar o título da conferência, mas o título nunca chegou!  No dia 24 de novembro quando chegou à UTAD, pediu  uma vassoura e fez uma conferência brilhante, muito acessível, como só os grandes cientistas conseguem! O Jornal A Voz de Trás-os-Montes deu destaque à conferência.
Passados quase 12 anos, como ele sonhava com um futuro risonho para a atividade científica! No final esqueceu-se do postal que tinha manuscrito com os tópicos da conferência e que lhe foi devolvido por correio, sem antes, felizmente, fazermos uma cópia!
Eterna gratidão e saudade”.