Foto: Parque de Ciência e Tecnologia de Vila Real
[Imprimir]
​A primeira edição do “Prémio de Investigação Fundação Maria Rosa” foi anunciada  a 29 de Maio, no âmbito da iniciativa Ciência, Vinho & Território realizada no Parque de Ciência e Tecnologias – Regia-Douro Park.
A Fundação Maria Rosa de Mello e Faro Carvalho Borges da Gama e Filhos e a Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro assinaram, recentemente, um protocolo de cooperação cujos objetivos são, em traços gerais, promover o desenvolvimento e a difusão de projetos de interesse comum às duas instituições, nas suas áreas de trabalho, em particular a promoção de iniciativas que contribuam para o desenvolvimento económico e sociocultural do Douro.
A Fundação Maria Rosa prossegue fins científicos, culturais e educativos, visando a melhoria da vitivinicultura e engrandecimento da Região do Douro, apoiando designadamente trabalhos técnicos e de investigação que, pela qualidade e interesse, contribuam para o desenvolvimento tecnológico e económico, assim como projetos com fins culturais, de beneficiência e de solidariedade social.
Por outro lado, docentes, investigadores e estudantes poderão usar parcelas de terreno na Quinta do Carvalho (Peso da Régua), em atividades pedagógicas e de investigação.
A primeira edição do “Prémio de Investigação Fundação Maria Rosa” foi apresentada no dia 29 de maio, no âmbito da iniciativa “Ciência, Vinho e Território”, que teve lugar no Regia Douro Park, devendo as candidaturas ser apresentadas entre junho e setembro, com datas a anunciar. A candidatura vencedora será conhecida até ao final do ano e o Prémio formalmente entregue no dia da UTAD, em março de 2016.