[Imprimir]
Entre 23 e 28 de junho, realiza-se em Tresminas um workshop promovido pelo Curso de Arquitetura Paisagista da UTAD e a Câmara Municipal de Vila Pouca de Aguiar, para divulgação do complexo mineiro romano, alusivo ao tema “A Paisagem do Ouro: um percurso no tempo e no espaço em Tresminas”.
 
Trata-se do 10º workshop do curso de Arquitetura Paisagista, que aborda, pela primeira vez, a relação entre o património arqueológico e a paisagem. A escolha de Tresminas está relacionada com a dissertação de mestrado de Carla Cunha, licenciada em Arquitetura Paisagista pela UTAD e natural de Vila Pouca de Aguiar, que faz alusão ao complexo mineiro.
Carla Cunha foi recentemente convidada pelo presidente da autarquia, Alberto Machado, para coordenar um grupo de trabalho que levará a efeito o processo de candidatura do Complexo Mineiro Romano de Tresminas e Jales a Património Mundial da Humanidade.
Integrado no workshop, vão realizar-se dois seminários e uma vista de campo ao complexo mineiro, abertos à população. Nos restantes dias e até 27 de junho, os alunos de mestrado de Arquitetura Paisagista da UTAD vão trabalhar em ambiente de atelier, no Parque Rural de Tresminas, acompanhados por docentes e técnicos. No dia 28 de manhã, os trabalhos dos alunos de mestrado serão expostos no Centro Interpretativo de Tresminas. A exposição será aberta ao público de livre acesso.
Com o tema geral “A Paisagem do Ouro”, o Workshop e tem como principal objetivo desenvolver trabalhos com focos distintos: Plano Geral de Ordenamento da Paisagem ou percursos de visitação; Requalificação das áreas de extração das Minas Romanas de Tresminas; Requalificação da aldeia da Ribeirinha, Requalificação da área envolvente ao Centro Interpretativo de Tresminas.
Mais informação aqui [VER]