[Imprimir]
Conhecidos este fim-de-semana, os resultados do Concurso Nacional de Acesso ao Ensino Superior, o campus da Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro (UTAD) foi praticamente invadido por centenas de jovens para efetuarem as suas matrículas nos respetivos cursos.
Dos 35 cursos de 1º ciclo e de mestrado integrado, 21 tiveram uma ocupação a 100%, ficando as restantes vagas para a 2ª fase do concurso, que se inicia esta segunda-feira e decorre até 18 de setembro.
É de realçar que o curso de Engenharia e Gestão Industrial, a funcionar pela primeira vez em colaboração com a Universidade do Minho, e ao qual os alunos ainda se podem candidatar à UTAD nesta 2ª fase, permite a frequência dos dois primeiros anos (preparatórios) na UTAD, transitando os alunos a partir 3º ano para a Universidade do Minho e onde obtêm o seu diploma.
Nota importante, nesta altura, para os novos alunos é também saber que o Ministério da Educação e Ciência (MEC), ao abrigo do “Programa + Superior”, atribuiu 120 bolsas de 1.500 euros anuais para aqueles que, vivendo no litoral, optem por estudar nas instituições de ensino superior do interior do país, entre as quais se inclui a UTAD.
Entretanto, e para as matrículas desta 1ª fase, a Universidade disponibilizou um amplo espaço no átrio da Biblioteca Central, onde os novos alunos encontram também balcões de informação sobre bolsas de estudo e alojamento em residências universitárias, esclarecimentos e encaminhamentos pela Associação Académica, um balcão de uma instituição bancária e ainda a sugestão para o almoço no restaurante Panorâmico no campus da UTAD.
A 3ª fase decorre de 1 a 5 de outubro. Embora as candidaturas sejam online na DGES, os alunos dispõem de um gabinete de acesso junto da Reitoria da UTAD onde podem obter todos os esclarecimentos.