Foto: UTAD consolida situação de equilibro orçamental e aposta na investigação
[Imprimir]
A Agência de Avaliação e Acreditação do Ensino Superior (AE3S) acaba de aprovar pelo período máximo autorizado (6 anos) a formação de 2º ciclo (mestrado) em Antropologia que será conferido conjuntamente pela UTAD e pelo Instituto Superior de Ciências do Trabalho e da Empresa (ISCTE-IUL).
O mestrado agora aprovado, resulta do trabalho desenvolvido no último ano pelos colegas dos Departamentos de Economia Sociologia e Gestão da UTAD e de Antropologia do ISCTE em parceria com as reitorias, departamentos e restantes órgãos académicos de ambas as universidades.
Esta iniciativa tem como objetivos fortalecer o ensino da antropologia como campo de saber fundamental para a compreensão do mundo em que vivemos, fortalecer também redes de investigação, estimular o intercâmbio entre universidades de docentes e alunos, partilhar recursos, colmatar desequilíbrios litoral/interior e a inexistência de cursos superiores em antropologia a norte de Coimbra, incentivar parcerias internacionais e desenhar objetos de pesquisa conjuntos nomeadamente na região de Trás-os-Montes e Alto Douro.
O mestrado funcionará a partir de 2016/17 em simultâneo em ambas as instituições.