[Imprimir]
 

O autocarro da EURAXESS – Investigadores em Movimento esteve na UTAD, a 19 de outubro, onde disponibilizou informações sobre postos de trabalho e oportunidades de financiamento na área da investigação.

Esta paragem enquadra-se num circuito de dois meses da EURAXESS – com passagem por 34 cidades em 16 países. O autocarro da EURAXESS proporciona a estudantes e jovens investigadores acesso direto aos serviços oferecidos pela EURAXESS.

Na UTAD, cerca de 90 participantes, entre docentes, investigadores e estudantes de mestrado e doutoramento participaram nas diferentes iniciativas que foram oferecidas ao longo do dia.

Com a chegada do autocarro interativo foi possível aos participantes aceder aos terminais de informação onde os investigadores puderam testar o sítio web da EURAXESS e publicar os seus currículos e obter ajuda das parte dos agentes da EURAXESS que explicaram como procurar emprego e promover as carreiras de investigação.

Neste âmbito, foi proporcionada uma sessão fotográfica, a cada participante, por um fotógrafo profissional que, gratuitamente, disponibilizou fotografias a incluir nos Curricula. Mais informal, mas com muito sucesso, foi possível aos participantes fotografarem-se na “Cabine de Fotos” cuja impressão resultava num bilhete-postal alusivo à EURAXESS e que puderam levar para casa.

Durante a tarde decorreram atividades no Auditório da Biblioteca da UTAD, onde o Vice-Reitor para o Planeamento, Estratégia e Organização, deu as boas vindas aos participantes e fez uma introdução à temática do evento.

Na impossibilidade de estar presente, o Comissário Europeu da Investigação, Ciência e Inovação, Carlos Moedas, enviou um vídeo para incentivar a participação dos investigadores e instituições na Plataforma Science4Refugees (Projeto da EU para refugiados qualificados).

Durante esta sessão, o Gabinete para a as Relações Internacionais e Mobilidade (GRIM) fez uma apresentação, em nome da FCT, sobre a rede EURAXES, “EURAXESS – What? Whay? How?” e foram ainda exibidos vídeos sobre os programas Marie Curie e Horizon 2020.

Seguiu-se uma sessão de partilha de uma experiência de vida baseada em mobilidade, “A Mobility Experience” apresentada por Paula Ramos-Silva, do Instituto Gulbenkian de Ciência. Nesta sessão foi possível perceber as dificuldades que um investigador, deslocado ao abrigo de um programa de mobilidade normalmente se depara, mas acima de tudo realçou o enorme enriquecimento pessoal e profissional que resulta normalmente deste tipo de experiências.

Seguiu-se a apresentação de Sandra Falcão, Conselheira da Rede EURES (Portal Europeu da Mobilidade Profissional), com o título “Prepare your mobility project”, onde foram abordados alguns aspetos a ter em conta na mobilidade, nomeadamente:

  • Como pode o EURES ajudar (uma breve introdução aos serviços prestados)
  • Dicas para uma candidatura bem sucedida (inclui dicas sobre construção de um CV)
  • Apoios financeiros: YFEJ (O teu 1º emprego EURES)
  • Canais EURES: portal EURES, plataforma europeanjobdays.eu, drop’pin@eures, chat, facebook.

As sessões indoor terminaram com uma Roundtable Discussion subordinada ao tema “Scientific Communication”. Nesta mesa redonda participaram três investigadores juniores, um especialista de informática, um Professor/Investigador e o moderador, numa sessão verdadeiramente participada e onde se abordaram inúmeros assuntos relacionados direta e indiretamente com a comunicação científica.

 

EURAXESS – Investigadores em Movimento é uma iniciativa única do EEI. Oferece acesso a uma gama completa de informações e serviços de apoio aos investigadores interessados em seguir uma carreira na Europa.

Factos e Números

  • A EURAXESS é uma iniciativa verdadeiramente pan-europeia, apoiada por 40 países participantes em toda a Europa. Mais de 530 agentes da EURAXESS em 260 centros de atendimento prestam assistência personalizada, enquanto o sítio web proporciona um ponto de acesso único a informações nos vários países.
  • Até à data, a EURAXESS deu resposta a mais de 900 000 pedidos de informações de investigadores. Estes tendem a incidir sobre oportunidades de emprego e financiamento, condições de entrada e vistos, alojamento, escolas, problemas legais e segurança social.
  • O sítio web da EURAXESS tem vindo a registar um aumento constante do número de visitantes, com quase 1 900 000 visitantes individuais e perto de 6,8 milhões de visualizações em 2015.
  • Em 2015, foram publicados mais de 42 000 anúncios de emprego.
  • Mais de 8 300 organizações de investigação, empresas, universidades e PME inscreveram-se em EURAXESS Jobs. 16 000 investigadores disponibilizaram os seus CV a potenciais empregadores e 35 500 investigadores registaram-se.

Para mais informação em:

· EURAXESS: www.euraxess.org

· EURAXESS On Tour: www.facebook.com/EURAXESS.OnTour

· Twitter: @EURAXESS_OnTour

· Espaço Europeu da Investigação (EEI): http://ec.europa.eu/research/era/index_en.htm