Foto: Rede de Investigação e Intervenção do Serviço Social na Educação/Escolas
[Imprimir]

“Avaliação histométrica dos tecidos peri-implantares num modelo canídeo comprometido” é o título da comunicação que obteve o prémio de “Melhor Comunicação Oral de Investigação” no XXIV Congresso Anual da Ordem dos Médicos Dentistas, que decorreu nos dias 10, 11 e 12 de Novembro no Meo Arena, em Lisboa.

Este trabalho insere-se na tese de doutoramento de Orlando Martins, da Universidade de Coimbra e tem como co-autores os docentes da área de Medicina Dentária da Faculdade de Medicina da Universidade de Coimbra, João Carlos Ramos e Isabel Poiares Baptista, assim como Carlos Viegas, docente e investigador da Escola de Ciências Agrárias e Veterinárias da UTAD e Michel Dard da New York University (USA).

O artigo teve como objetivo “desenvolver novos modelos animais que mimetizem a etiopatogenia da peri-implantite” e “avaliar, num modelo canídeo comprometido, a influência da placa bacteriana nos tecidos peri-implantares”.