[Imprimir]
Após confirmação da abertura de ambas as galerias do túnel do Marão, foram organizadas quatro visitas de estudo com alunos de licenciatura e mestrado de engenharia civil, no âmbito das unidades curriculares “Higiene e Segurança na Construção”, “Tecnologias da Construção” e “Projeto e Gestão Rodoviária” a esta infraestrutura.
Cristina Reis, docente do departamento de Engenharias da UTAD, refere que “estas visitas de estudo são importantes para os estudantes quer do ponto de vista da observação real das matérias lecionadas, quer da aproximação às empresas que operam no local”.
E acrescenta que, por outro lado, estas visitas representam também um “momento histórico para estes alunos, já que se trata de uma oportunidade única para conhecer e contatar com a construção do maior túnel da península Ibérica”.
Recorde-se que o Túnel do Marão tem cerca de seis km e que, com a abertura a 2 de novembro da galeria norte, já é possível a travessia em ambos os sentidos.
Ainda no âmbito unidade curricular “higiene e segurança na construção” do mestrado em engenharia civil, os estudantes fizeram uma visita de estudo à barragem de Foz Tua, “outra oportunidade para conhecer e contatar com outra grande infraestrutura em construção”.
“A barragem de Foz Tua situa-se no troço inferior do rio Tua, próximo da sua confluência com o rio Douro, abrangendo os concelhos de Murça e Alijó, do distrito de Vila Real, e os concelhos de Mirandela, Vila Flor e Carrazeda de Ansiães, do distrito de Bragança”.