Foto: Papel da UTAD reconhecido nas celebrações do Dia Mundial do Solo
[Imprimir]
Numa organização partilhada pela UTAD e pela Comissão Nacional da UNESCO, decorreu nesta Universidade, no dia 4 de dezembro, a celebração do Dia Mundial do Solo, com diversas palestras e visitas de campo.
 
Na sessão de abertura, que teve lugar na Aula Magna, com intervenções de João Coutinho (vice-reitor) , Artur Sá (coordenador do evento), Fernando Raimundo (da Sociedade Portuguesa de Ciência do Solo) e Elisabeth Silva (representante da Comissão Nacional da UNESCO).
Nesta sessão foi realçada a necessidade de solos saudáveis para uma vida saudável, e indicada a especial importância dos solos agrícolas. Foram ao mesmo tempo lançados alguns alertas relativos às ações humanas que conduzem à sua degradação.
A representante da UNESCO foi portadora de uma mensagem da Presidente da Comissão Nacional, onde expressou os grandes dramas e desafios que estão presentes nas preocupações da humanidade, aproveitando para reconhecer e louvar o papel da UTAD como instituição de referência no estudo e investigação neste domínio.
Os trabalhos decorreram ao longo do dia com intervenções de Elisabete Silva e João Coutinho, mas também da Ana Alencoão (UTAD), Maria José Roxo (Universidade Nova de Lisboa) e Helena Teles (CCDRN), complementadas com atividades práticas no campus da UTAD, incluindo avaliação de solos, visita ao laboratório de solos, mostra de técnicas e máquinas e visita ao Jardim Botânico.