Foto: Águia
[Imprimir]

A um de dezembro deu entrada no CRAS um macho juvenil de falcão-peregrino da subespécie que habita o norte e centro da Europa (Falco peregrinus peregrinus). Muitos indivíduos desta subespécie escolhem Portugal e os outros países do sul da Europa para passar o Inverno. Esta ave foi reencaminhada pelo Parque Biológico de Gaia, com história de fratura de um dos ossos da asa, que através da radiografia (fotografia da esquerda) se concluiu ter sido causada por disparo ilegal.

Este macho possuía uma anilha oficial inglesa e uma segunda de identificação com cor amarela e duas letras inscritas “MV”. De imediato foi contatada a associação inglesa responsável pelo anilhamento desta ave no sentido de dar conhecimento sobre a mesma.

A “West Cornwall Ringing Group” anilhou este falcão ainda em ninho, em Morvah (sudoeste do Reino Unido), tendo este percorrido quase 2000 quilómetros para chegar ao litoral norte de Portugal. Neste momento este falcão-peregrino nórdico encontra-se em recuperação no CRAS HVUTAD. Brevemente daremos mais noticias sobre a sua evolução clinica.

Link da “West Cornwall Ringing Group” [VER ]

Devolução à Natureza de águia-d’asa-redonda

A 19 de dezembro foi devolvida à Natureza uma águia-d’asa-redonda (Buteo buteo) no Campus da UTAD. Este exemplar tinha sido reencaminhado pelo Centro de Recuperação de Animais Selvagens do Parque Nacional da Peneda-Gerês, com história de fractura exposta de um dos ossos de uma das asas. O seu processo de recuperação incluiu tratamento cirúrgico e de suporte, alimentação adequada e, numa fase final, treino de voo e de caça, juntamente com outras águias-d’asa-redonda em recuperação.

A devolução à natureza decorreu durante a visita ao CRAS por um Grupo de Escuteiros do Agrupamento da N. Senhora da Conceição e de Godim.

As fotografias da devolução já se encontram disponíveis na nossa página do facebook [VER ]