Banner: Workshop Materiais Eco Eficientes e Reciclagem
[Imprimir]
A Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto (FEUP), a Comissão Portuguesa de Geotecnia Ambiental (CPGA) da Sociedade Portuguesa de Geotecnia (SPG) e o Smart Waste Portugal (SWP) organizaram o Workshop “Materiais Eco Eficientes e Reciclagem”, com o apoio do Serviço Intermunicipalizado de Gestão de Resíduos do Grande Porto (LIPOR), do Laboratório de Ensaio de Materiais de Construção (LEMC) da Universidade do Porto, do Laboratório Nacional de Engenharia Civil (LNEC) e da Ordem dos Engenheiros (OE – Especialização em Geotecnia). O evento teve lugar no Auditório da FEUP, a 18 de março de 2016.
A reutilização sustentável e rentável dos resíduos está incluída na agenda ambiental europeia através da economia circular, cujo conceito consiste em reduzir, reutilizar, recuperar e reciclar resíduos, originando novos produtos e matérias-primas com benefícios para o ambiente, vantagens financeiras para os empresários, poupança para os consumidores e criação de emprego.
A conversão de desperdício em riqueza poderá, nos próximos anos, ser determinante no mundo empresarial. A Comissão Europeia antevê que a economia circular ajudará a gerar uma poupança na ordem dos €600 mil milhões nos negócios. Atualmente estima-se que as transações comerciais na Europa desperdicem mais de €330 mil milhões por ano.
Neste Workshop procurou-se discutir a implementação de medidas adequadas e eficientes nas políticas de gestão e reciclagem de diferentes tipos de resíduos, bem como diversas possibilidades de valorização deste recurso. Promovendo a valorização de resíduos como materiais eco eficientes, designadamente nas obras de engenharia civil, e em particular nas geotécnicas, será possível contribuir para o crescimento de valor, potenciar a inovação na cadeia de valor, promover a conceção em circuito fechado, potenciar a eficiência energética na produção, inovar com os consumidores, em suma: contribuir para a economia circular.
O evento incluiu nove palestras, entre as quais a proferida por Nuno Cristelo, docente e investigador do Departamento de Engenharias da Escola de Ciências e Tecnologia da UTAD, com o título “Ligantes alternativos à base de resíduos industriais para estabilização de solos”, e contou com a presença de cerca de 170 participantes e com o patrocínio da Sociedade Ponto Verde.