Foto: Entrada do campus
[Imprimir]
Realizou-se a 4 de março na Universidade Católica Portuguesa, no Porto, o workshop “Setting a unique Portugal – Wageningen Research Agenda for Innovation and Sustainability para apresentação do projeto SMARTAgriFor , com financiamento europeu (H2020). O objetivo deste projeto é apresentar à Comissão Europeia um “Business Plan” para a criação de um Centro de Excelência (CoE) no sector agroalimentar e florestal. O projeto envolve 10 parceiros portugueses, nove universidades e o INIAV, e é coordenado pela Fundação para a Ciência e Tecnologia. A UTAD é uma Third Party e tem como coordenador Eduardo Rosa, diretor do CITAB.
 
Financiado em 500 mil euros, a iniciativa do H2020 oferece a Portugal, numa parceria com a Wageningen University (WUR), na Holanda, a oportunidade de criar, de uma forma disruptiva, uma estrutura organizativa da investigação e consolidar uma colaboração institucional que existe há vários anos com a universidade holandesa.
A interação dinâmica com os stakeholders irá permitir parcerias estratégicas de modo a garantir não só uma eficaz e proveitosa troca de conhecimentos mas também a possibilidade de participação ativa na propriedade e gestão deste CoE. A WUR beneficiará desta colaboração, através da expansão de sua “expertise” e aplicabilidade a projetos conjuntos que podem abranger outras regiões do globo em África e América do Sul.
No âmbito do SMARTAgriFor será definido o enfoque e a estratégia de inovação que combinará as necessidades do país com a “expertise” da WUR. Os tópicos serão definidos por forma a obter um forte impacto socioeconómico e científico, suportados pela sustentabilidade da cooperação com a WUR. No novo Centro de Excelência, serão aplicados critérios de benchmarking internacional criando práticas de gestão inovadoras.