Foto: Régia Douro park
[Imprimir]
​O ministro da Economia, Manuel Caldeira Cabral, inaugurou esta sexta-feira, 20 de maio, o Regia-Douro Park – Parque de Ciência e Tecnologia de Vila Real – infraestrutura promovida pelo Município de Vila Real, pela Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro (UTAD) e pela Portuspark, “um dos mais importantes investimentos feitos na Região”, segundo o ministro.
A cerimónia de inauguração iniciou-se com o descerramento da placa, a que se seguiu uma visita às empresas instaladas na incubadora-aceleradora, que contempla já uma ocupação de 80% com mais de 30 empresas de diferentes áreas de atividade, representando cerca de 90 postos de trabalho. Empresas que o ministro viu com “com projetos e ambição”. “Ambição que queremos que o país tenha”, acrescentou o governante.
Seguiu-se a visita ao Centro de Excelência da Vinha e do Vinho, um complexo laboratorial de excelência tecnológica dinamizado pela UTAD e por instituições parceiras, tendo Manuel Caldeira Cabral destacado a UTAD como “uma universidade de referência na área do vinho”. Este Centro é direcionado para a investigação, desenvolvimento e apoio às empresas nos sectores da vitivinicultura, agroalimentar e ambiente, com âmbito de atuação nacional e internacional e acolhe a Plataforma da Vinha e do Vinho, que “será uma das marcas da região”, afirmou o Reitor da UTAD.
Nos discursos protocolares o presidente do Município de Vila Real, Rui Santos, considerou este “um dia feliz” pela concretização de um “sonho com 10 anos” considerado “de vital importância para a região e o país”. O Presidente da CCDR-N, Emídio Gomes, congratulou-se com a inauguração, que tem já o Parque a “projetar e a desenvolver grande atividade económica” e porque acredita que a “criação de valor a partir da atividade produtiva é o presente, mas sobretudo o futuro do país”. O reitor da UTAD, Fontainhas Fernandes, recordou aqueles que contribuíram para este projeto “que sonhámos e cumprimos”. Destacou ainda a determinação dos jovens empreendedores já instalados neste Parque, “fundamental para a criação de empregos qualificados, de valor acrescentado, essenciais para a sustentabilidade do território” e manifestou disponibilidade da UTAD para “apoiar este e outros projetos estruturantes para a Região”. O ministro da Economia encerrou a cerimónia destacando o Regia-Douro Parque como “pilar para o desenvolvimento da Região”.
Já em funcionamento, o Parque está direcionado para as áreas agroalimentar, agroindustrial, enologia, viticultura, economia verde, valorização ambiental e tecnologias agroambientais, tem várias valências de suporte dirigidas a empreendedores, empresas e investigadores nacionais e internacionais.
Infowine.forum 2016 – Unforgettable Wines – Terroir, saberes e emoção do vinho
Associado à inauguração do Regia Douro Park, realizou-se o 5º infowine.forum, evento que reuniu cerca de quatro centenas de participantes entre empresas, produtores, investigadores, jornalistas de vinho, enólogos e enófilos.
O evento contou com diversos especialistas, entres eles Vicente Ferreira, reputado investigador na área da química analítica na Universidade de Zaragoza, que abordou os temas da oxidação e redução nos vinhos; Mário Santos, docente e investigador da UTAD na área da ecologia aplicada, que propôs novas formas de construir uma vinha e Maria del Alamo, professora e investigadora da Universidade de Valladolid.
Além dos convidados da VINIDEAs estiveram presentes oradores de renome internacional, convidados pelas empresas, como Laurent Michel Bonanno, Gianni Triulzi, José Ramon Lissarague, Victor de Freitas, Xosé Sebio Puñal ou António César Ferreira que aproveitando a ligação estreita que o infowine.forum proporciona entre os diversos setores da fileira do vinho, apresentou, em estreia mundial, um novo equipamento para a deteção de TCA nas rolhas de cortiça e classificação rolha a rolha por OTR.
Pedro Abrunhosa marcou presença para falar da sua ligação aos vinhos e ao território, tendo brindado os presentes com três interpretações musicais que despertaram a emoção.
Muito apreciadas foram também as provas de vinhos nacionais e estrangeiros, memoráveis pelas ligações emotivas, mas também pela harmonização com alguns dos melhores caviares do mundo.
O infowine.forum é um congresso de caráter técnico-científico, nas áreas da Viticultura, Enologia e Mercados e tem como objetivo valorizar a investigação, pública e privada, salientando a sua função como motor de inovação e abertura ao serviço do setor vitivinícola.
Em 2017 o congresso realiza-se em Itália (Enoforum), sendo o maior evento técnico a nível europeu, com cerca de 1000 participantes.
A VINIDEAs é a empresa promotora do evento. Desde 2002 que promove uma relação sólida e privilegiada com os especialistas das mais prestigiadas instituições do setor, entre os quais o AWRI (Australian Wine Research Institute), o INRA (Institut National de la Recherche Agronomique) e a Universidade de Davis. A nível nacional colabora com todas as instituições ligadas à fileira, no entanto, é de salientar a relação próxima com a UTAD, polo irradiador de inovação e conhecimento da Região Demarcada do Douro (RDD).