Foto: noticias
[Imprimir]
No âmbito da implementação do projeto Lab2Business – Transferência Tecnologia e Valorização Económica para o Sector Agroalimentar, baseado nas capacidades especializadas da Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro e da Universidade Católica Portuguesa – Escola Superior de Biotecnologia pretende-se valorizar economicamente a investigação desenvolvida pelos promotores e por outros atores da região, promovendo a inovação e criando valor na cadeia produtiva e reforçar a transferência de conhecimento e tecnologia para o setor empresarial promovendo-se, desta forma, a criação de valor e a criação de sinergias com Entidades do SCT.
Nesse sentido, realizou-se a 2 de junho um workshop sobre inovação que contou com a participação de diversos convidados entre eles dois especialistas internacionais, ligados às áreas da inovação:
Robert Hall, Manager of the Business Unit Bioscience (DLO) – Wageningen University, Netherlands
Diretor da Unidade de Negócios de Biociências da Universidade de Wageningen, na Holanda e Professor na Universidade de Wageningen.
Wageningen tem como foco de investigação “alimentação saudável e condição de vida”. Uma das principais abordagens desta Unidade da Universidade de Wageningen (DLO) reside na sua capacidade para cooperar com outros institutos e centros de investigação especializados e manter a estreita colaboração com organizações e empresas, tendo como estratégia unir forças financeiras com terceiros, partilhar conhecimentos e tecnologias e encontrar soluções sustentáveis para os desafios que o mundo enfrenta. A Unidade de Negócios de Biociências é uma referência na procura, criação e manutenção de colaborações Universidade – Empresa e na transferência de inovação com base na transferência de conhecimento e tecnologia.
María Elvira Zúñiga Hansen – Director, Centro Regional de Estudios en Alimentos y Salud, CREAS, Chile
CREAS, no Chile, é um centro de investigação, ciência e tecnologia que desenvolve a I & D na área alimentar, alimentos temáticos e os seus efeitos na saúde. É Professora Titular na Universidade Católica de Vale Paraíso.
Um dos objetivos fundamentais do CREAS é incorporar um valor acrescentado na cadeia de produção através da criação de ingredientes funcionais inovadores e formulação de novos alimentos saudáveis. O CREAS apoia o empreendedorismo e o aumento da competitividade da indústria regional através do desenvolvimento e gestão de I & D e transferência de tecnologia e visa promover o investimento público e privado em I + D + I. Um dos objetivos é também entregar soluções tecnológicas ao setor produtivo, com base no desenvolvimento da ciência e tecnologia de excelência, com foco na produção de alimentos e / produtos funcionais saudáveis, em torno de quatro linhas: Desenvolvimento de tecnologias para a agricultura sustentável na obtenção de alimentos saudáveis; Desenvolvimento de processos e produtos para a produção de alimentos bioativos e saudáveis; Avaliação de Saúde e propriedades funcionais de alimentos e produtos e transferência de conhecimento e tecnologia gerados para o setor produtivo.
Projeto Lab2Business, n.º da operação NORTE-01-0246-FEDER-000011, cofinanciado pelo Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional (FEDER) através do NORTE 2020 (Programa Operacional Regional do Norte 2014/2020)