Foto: Projecto Mátria apresentou novo concerto nas varandas do Centro Histórico de Vila Real
[Imprimir]
​“Banda à Varanda”  é o tema do novo concerto integrado no projecto Mátria – uma ópera para o Douro – realizado no dia 27 de Julho, no Largo da Capela Nova, em Vila Real. Os músicos, distribuídos por diferentes varandas dos edifícios situados no Largo da Capela Nova, interagiram surpreendendo uma rua cheia de espetadores que, curiosos, procuravam sons que saíam das diversas varandas. E chegaram! Chegaram de diversas varandas, alternados em posições e instrumentos diferentes, “obrigando” os trauseundes a procurarem o local das sonoridades.
Partindo do universo das bandas filarmónicas – tão importantes na construção e afirmação musical da região – a performance inspirou-se nesse mundo mais tradicional mas projetando-se para novas sonoridades.
A música foi escrita por dois jovens compositores, Ângela da Ponte e Fábio Videira. Ângela, com doutoramento em Composição pela Universidade de Birmingham, no Reino Unido, e Fábio a concluir o mestrado, também em Composição, no Real Conservatório de Antuérpia, na Bélgica, concordam em afirmar que esta performance é “um desafio sonoro em construção e que vai exigir do público receptividade e espírito criativo para entrar no ambiente sonoro”. Juntamente com os dois compositores, com Valter Palma e também com Ángel Fragua, Luís Filipe Santos – clarinetista – assume a direção artística deste projecto: “Convidamos o público a elevar as orelhas ao alto e testemunhar aquela que será a primeira edição de uma iniciativa que pretende “abarandalhar” quem dela comungar”, brinca.
A performance “Banda à Varanda” contou com a participação de músicos das Bandas de Mateus, Portela, São Mamede de Ribatua e com a Orquestra de Sopros do Conservatório Regional de Música de Vila Real. Um espectáculo só possível graças à cooperação e ao trabalho conjunto destas diferentes instituições, assim como à receptividade dos moradores e comerciantes do Largo da Capela Nova que prontamente cederam as suas varandas para a realização do evento, afirma Eduarda Freitas.
“Banda à Varanda” é um espectáculo integrado no projecto Mátria, que tem como objectivo principal a criação de uma ópera baseada na obra de Miguel Torga. Recentemente o projecto foi apresentado ao Presidente da República, aquando da sua vinda a Trás-os-Montes. A entidade promotora deste projecto é a Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro. Para o vice-reitor Artur Cristóvão, “o projecto Mátria é um projecto de território, que se constrói com o envolvimento ativo dos atores culturais da comunidade. Com a iniciativa “Banda à Varanda” mostra-se e promove-se um importante recurso cultural desta região, as suas bandas de música. Assim se faz cultura e se anima o território”.
O concerto “Banda à Varanda” faz parte da programação de Vila Real Capital da Cultura do Eixo Atlântico 2016.
Para mais informação contatar:
Eduarda Freitas | 961 538 829 |
Artur Cristóvão | UTAD |