Foto: João Barroso e Tânia Rocha prémio FCT
[Imprimir]
Investigadores da UTAD e do INESC TEC constituem o grupo que constrói soluções com tecnologias de inclusão social para pessoas com deficiência.
A Fundação para a Ciência e Tecnologia (FCT) premiou recentemente dois projetos que envolvem vários investigadores da Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro (UTAD). Trata-se do Prémio Inclusão e Literacia Digital atribuído a projetos na área da acessibilidade a pessoas com deficiência.
Um dos projetos premiados é o “Sistema Integrado para Aumento da Autonomia de Cegos” que constitui um avanço ao nível das ajudas técnicas disponíveis para os cegos na sua autonomia quotidiana, combinando tecnologias emergentes que vão permitir transmitir aos cegos uma perceção do mundo circundante e facilitar a interação com o ambiente. Este sistema inovador integra soluções de mobilidade com a localização de objetos, por forma a potenciar a autonomia quotidiana dos cegos.
Este projeto obteve um prémio no valor de mais de vinte e nove mil euros, e vai permitir, também, a instalação de um demonstrador, para disseminação da tecnologia, em local público para divulgação das potencialidades do sistema. A equipa de investigação, Liderada por João Barroso, é constituída por um grupo de Professores/Investigadores da UTAD e também por membros integrados do centro de investigação INESC TEC – Polo da UTAD.
Outro projeto intitulado “Metáfora de interação acessível para navegação Web sem recurso a texto”, foi também premiado no valor de mais de vinte e um mil euros.
Trata-se de uma aplicação Web com funções de pesquisa por categorias representadas por ícones, com ajuda áudio e que funciona apoiada na API do Youtube. Ao clicar nos ícones, o utilizador acede a vídeos apresentados no Youtube, numa interface alternativa acessível.
A abordagem permite melhorar a eficiência e a eficácia no desempenho de tarefas e faculta autonomia na pesquisa de conteúdos digitais. O passo seguinte é “englobar um maior número de sites e ferramentas de pesquisa, considerando os novos paradigmas à Web, em formato aplicação para dispositivos móveis e plugin integrado no browser”, explica Tânia Rocha, responsável pelo projeto.
A cerimónia de entrega dos Prémios de Inclusão e Literacia Digital realizou-se a 13 de setembro na Academia das Ciências de Lisboa.
Para mais informações contactar:
Rosa Rebelo | Assessoria de Comunicação | UTAD
259 350 160 | 932 148 809 | rorebelo@utad.pt