Foto: Ana Mineiro
[Imprimir]

A 17 de novembro, a UTAD recebeu Ana Isabel Mineiro para uma Aula Aberta sobre o tema “Mulheres de Viagem” . Muito participada, esta aula contou com estudantes de Turismo,  Animação Sociocultural e Ciências da Comunicação, assim como docentes e outros interessados nestes temas. Ana Mineiro, começou por mostrar imagens de diferentes locais do mundo, convidando os presentes a colocar questões.

À medida que ia respondendo, tornou-se claro que a oradora, repórter de viagens,  não vê razões para que as mulheres não viagem sozinhas. Segundo afirmou,  de uma forma geral, estas são “mais protegidas e acarinhadas”. Importante, segunda a mesma, é a planificação da viagem (sem que isso signifique não deixar espaço para que o imprevisível aconteça), mas, acima de tudo,  ficou reforçada a ideia de que se deve conhecer e respeitar a cultura do país a visitar. Entre as muitas questões colocadas , os alunos quiseram saber quais os países onde a oradora já esteve, de quais gostou mais, e também dicas para a organização de viagens.

Ana Mineiro reforçou que atualmente as viagens “à medida” são uma ótima aposta para quem quer viajar sem ter de se preocupar com as questões logísticas. A autora do livro “Onde os Rios têm Marés”, reiterou ainda que “semear a confiança entre aquele que chega e os habitantes de um determinado lugar é igualmente um aspecto fundamental para que a viagem resulte uma experiência frutífera e enriquecedora”.

Quanto à experiência na UTAD, Ana Milheiro considera importante que os estudantes de turismo e todas as pessoas “verem outras coisas, outras formas de fazer, outras abordagens ao turismo, à viagem, à gastronomia”.

A iniciativa Aula Aberta é promovida pelo Grupo de missão Cultura da UTAD.

Nota Biográfica de Ana Isabel Mineiro

Ex-professora de línguas, dedicou-se ao jornalismo de viagem desde 93 e acabou por abdicar da primeira carreira para não descuidar a segunda, que pedia mais do que um mês de férias em agosto. Apaixonada por montanhas e lugares selvagens em geral, combina o trekking com todas as suas viagens. Um dos programas da série Alice no País dos Viajantes, da SIC, foi-lhe dedicado, e participou como convidada no programa Câmara Clara, da RTP. Colaborou com quase todas as revistas de viagens portuguesas e também com duas espanholas (Península e Altair); neste momento escreve para o suplemento Fugas do Público. Em 2008 publicou o seu primeiro livro, Onde os Rios Têm Marés, nas edições Via Óptima.