Foto: Alto Douro Vinhateiro celebra 15 Anos como Património da Humanidade
[Imprimir]

O Alto Douro Vinhateiro completou a 14 de dezembro 15 anos de classificação pela UNESCO como Património da Humanidade. Esta data foi comemorada com diversos eventos, tendo começado com uma sessão realizada nos claustros do antigo Governo Civil de Vila Real, amplamente participada, que contou com intervenções de diferentes autoridades e agentes ligados à região, entre os quais o Reitor da UTAD, António Fontainhas Fernandes. A sessão foi encerrada pelo Ministro do Planeamento e Infraestruturas, Pedro Marques.

A sessão iniciou-se com a leitura de um texto de António Pires alusivo ao Douro, lido pelo próprio, e terminou com o quarteto de sopros do Conservatório Regional de Música de Vila Real. Durante a tarde foram inaugurados o marco “Feitoria da Alma”, da autoria da escultora Gracinda Marques, e a Avenida da UNESCO. Foi ainda realizado um debate sobre “Os Valores do Douro”, com intervenção do responsável da Cátedra UNESCO da UTAD, Artur Sá.

Por altura desta efeméride recordamos os docentes e investigadores da UTAD que integraram a equipa multidisciplinar que esteve na origem da candidatura e deram contributo decisivo para a sua classificação pela UNESCO: Fernando Bianchi de Aguiar (coordenador da candidatura), Jorge Manuel Dias (coordenador adjunto), Paulo Farinha Marques, Luís Ramos, Armindo Afonso Martins, Artur Cristóvão, Carlos Coelho Pires, José Portela, José Ribeiro, Robert Manners Moura e Rui Cortes.