Foto: Douro Creative
[Imprimir]

O projeto DOURO-C: Douro Creative HUB propõe-se identificar, dinamizar e promover as indústrias criativas no Douro, servindo de rampa de lançamento para o futuro Polo das Industrias Criativas do Douro. 

 

Por iniciativa de um grupo de criativos instalados na cidade de Vila Real, em conjunto com a UTAD foi candidatado ao PROVER o projetoDOURO-C: Douro Creative HUB. Este projeto, que tem também o apoio do Município de Vila Real, visa inventariar e conhecer os criativos de diferentes áreas instalados no Douro, com vista à criação de um Pólo de Indústrias criativas.

Pretende-se constituir um instrumento de valorização dos recursos da região (humanos, materiais e imateriais), alavancado numa estratégia de promoção do empreendedorismo criativo que passa pela identificação das melhores ideias criativas para o Douro, pela incubação e pela mentoria, pela implantação de um Creative Camp, como espaço de colaboração entre criativos no apoio ao desenvolvimento, e de um Mercado Criativo, capaz de promover e dar visibilidade a este setor.

A UTAD, ciente da importância de que se revestem as indústrias criativas na criação de valor acrescentado em diversos setores da região, incluindo os denominados sectores tradicionais, desenvolveu um trabalho percursor que está refletido na candidatura do projetoDOURO-C: Douro Creative HUB, que a Universidade submeteu ao programa Norte 2020, tendo sido aprovado com mérito, e com um orçamento global de 600 mil euros e uma duração prevista de 24 meses.

O DOURO-C: Douro Creative HUB está aberto à participação pública tendo decorrido a 1 de abril a segunda reunião aberta à comunidade com o objetivo de informar e recolher ideias para a prossecução deste projeto.

Mais informação em: https://www.facebook.com/polodeindustriascriativasdodouro/?ref=ts&fref=ts