Foto: CIARA
[Imprimir]

Foi inaugurado a 12 Maio, em Felgar, Moncorvo, o Centro de Interpretação Ambiental e Recuperação Animal (CIARA). Este centro, financiado pela EDP, no quadro das “medidas de compensação”, no âmbito do Aproveitamento Hidroelétrico do Baixo Sabor, visa acolher e recuperar animais feridos e funcionar como local de visitação e educação ambiental.

No início de 2015 foi assinado um acordo de colaboração entre a EDP, AMBS, UTAD e IPB. Esta parceria teve como principal objetivo a definição do modelo de gestão e a operacionalização da exploração e manutenção do CIARA. Este Centro resulta do trabalho de cooperação, desenvolvido ao longo destes anos, e é justo destacar o papel da UTAD em todo este processo, em particular na área do multimédia e do seu Hospital Veterinário.

O CIARA irá desenvolver atividades em torno de três domínios: educação e sensibilização ambiental; produção de conteúdos para o Centro Interpretativo; e Centro de Recuperação de Animais Selvagens (Hospital Veterinário da UTAD).

Relativamente ao futuro está previsto um modelo de governância em que a Associação de Municípios Baixo Sabor é o responsável, mas em que, UTAD e IPB, são parceiros com assento na comissão executiva e no desenvolvimento de várias das atividades previstas.

A UTAD será a entidade responsável pela gestão do espaço de recuperação animal e este espaço funcionará em articulação e complementaridade com as estruturas existentes na UTAD em Vila Real. As despesas com estas atividade serão suportadas com verbas atribuídas pela EDP à AMBS, através de uma prestação de serviços a contratar à UTAD.

Nesta inauguração foi libertada, pela Secretária de Estado do ordenamento do Território e da Conservação da Natureza, Célia Ramos, uma ave selvagem, recuperada pelo Centro de Recuperação de Animais Selvagens da UTAD.