Foto: Grupo de conferência internacional realizada no Porto
[Imprimir]

No âmbito do Edulog 2017, conferência internacional realizada no Porto, a 25 de maio, sobre “Economic Development in Southern European Regions: Policies and Higher Education”, a equipa de investigação do projeto Crithinkedu (Critical Thinking Across the European Higher Education Curricula), contribuiu para a discussão sobre o papel do ensino superior no desenvolvimento económico das regiões do Sul da Europa, com uma comunicação intitulada “Should we invest in Critical Thinking Across the Higher Education Curricula?”, Este projeto, liderado pela UTAD, é financiado pelo programa Erasmus + por 3 anos e tem a participação de 11 parceiros europeus.

Num contexto em que as regiões do Sul de Europa serão melhor servidas, se o seu capital humano for preparado com uma renovada capacidade para pensar e atuar de forma a responder de maneira sustentável aos desafios socioeconómicos, culturais e ambientais cada vez mais complexos, o desenvolvimento do pensamento crítico ao longo do percurso académico torna-se essencial.

As Universidades têm um papel privilegiado nesse campo, podendo/devendo ser potenciado por um diálogo estreito entre indústria/organizações-universidades num esforço contínuo de alinhar aprendizagens e competências com os desafios do mundo real.

Na comunicação apresentada, foi proposta uma agenda para promover a qualidade da educação do Pensamento Crítico no Ensino Superior, com a criação de um quadro orientador para o ensino e aprendizagem do Pensamento Crítico. Esta agenda procura contemplar uma forma eficaz de proporcionar um ambiente académico que atenda às diversas necessidades dos estudantes e professores (culturais, económicas, sociais, etc.) no sentido de os preparar para serem bem-sucedidos e se tornarem atores fundamentais ao desenvolvimento de suas regiões e Países.

Nesta intervenção, foram também apresentados os primeiros resultados dessa agenda para os países do Sul de Europa participantes do projeto, decorrentes da realização de várias entrevistas de grupo (Focus Groups) em vários setores profissionais junto de responsáveis pelo recrutamento e desenvolvimento de jovens recém-licenciados.