Foto: Reitores

A proposta surgiu no âmbito da Cimeira Luso-Espanhola que reuniu os governos de ambos os países a 29 e 30 de maio, em Vila Real, onde foi apresentada e incluída na declaração final. 

O Conselho de Reitores das Universidades Portuguesas (CRUP) e o Conselho de Reitores das Universidades Espanholas (CRUE) aprovaram e apresentaram, aos respetivos governos uma Agenda Ibérica do Conhecimento e do Ensino Superior (AICES). Esta proposta surgiu no âmbito da realização da Cimeira Luso-Espanhola de Vila Real, que foi antecedida por um plenário conjunto CRUP/CRUE, realizado na UTAD, nos dias 28 e 29 de maio. A AICES contempla 10 medidas com 50 iniciativas e foram apresentadas aos respetivos governos na Cimeira de Vila Real.

As medidas incluem propostas que segundo António Cunha, Presidente do CRUP pretendem criar “um verdadeiro espaço ibérico de ensino superior” Assim como o desenvolvimento das “capacidades de investigação” mas também o “reforço da imagem, voz e força na definição das políticas europeias junto de Bruxelas”.

O Presidente do CRUE, Segundo Periz Duran, evidenciou a oportunidade de o Ensino Superior e a Investigação integrarem pela primeira vez a declaração final dos governos da cimeira.

Pretende-se através da AICES, além de potenciar a presença ibérica na Europa, promover a candidatura a fundos europeus conjuntos, facultar a titulação de graus duplos (pelos dois países), evitar que os talentos formados nos dois países saiam dos seus países, e apostar na investigação de áreas emergentes como os recursos naturais a energia, entre outras.

Pretende-se ainda “convergir em geografias de intervenção mais alargada” como países do Norte e Sul da Europa mas também, em África e na América Latina, onde os “dois países já desenvolvem individualmente a sua presença em todos os domínios específicos cobertos por esta nova agenda comum”.

O presidente do CRUE salientou que este “programa ambicioso de colaboração” será apresentado no Parlamento Europeu em junho.

O CRUP (www.crup.pt) é uma entidade de coordenação do ensino universitário em Portugal e integra como membros efetivos o conjunto das Universidades públicas e a Universidade Católica Portuguesa, num total de 15 instituições.

O CRUE (www.crue.org) reúne um total de 76 universidades espanholas, sendo 50 delas públicas e as restantes 26 instituições de ensino privadas.