Foto: Entrada Principal UTAD
[Imprimir]

Foi recentemente criado o Conselho de Acompanhamento da Revisão da Politica Agrícola Comum (PAC), que vai integrar no seu painel de peritos dois docentes e dois antigos estudantes da UTAD, entre outros representantes de diversas entidades.

Os dois docentes da UTAD que integram este Conselho são Artur Cristóvão, Professor Catedrático nesta instituição, e João Bento, docente aposentado da UTAD e os os antigos estudantes são Jaime Ferreira e Miguel Sottomayor, o primeiro atualmente exerce a profissão de silvicultor e o segundo é docente na Universidade Católica do Porto.

Este painel de peritos, constituído por personalidades com “reconhecido mérito nas áreas da agricultura e do desenvolvimento rural”, vão colaborar neste Conselho de acompanhamento, criado pelo Despacho nº 5131/2017, e visa “criar as condições para uma reflexão nacional aprofundada sobre os desafios que a agricultura portuguesa terá de enfrentar no futuro, assim como sobre os pressupostos de uma estratégia que suporte e oriente a política agrícola nacional no quadro da futura PAC para o período após 2020”.

A Política Agrícola Comum (PAC) é um sistema de subsídios destinados ao setor da agricultura. Foi criada em 1962, como sendo um dos três Pilares da União Europeia. Entre os seus objetivos principais estão o de garantir aos agricultores europeus um rendimento que esteja em conformidade com os seus desempenhos.

A criação de um órgão consultivo permite a reunião de vários especialistas da área, assim como de outras instituições tais como a Associação dos Jovens Agricultores de Portugal (AJAP), a Confederação dos Agricultores de Portugal (CAP), a Confederação Nacional da Agricultura (CNA), a Confederação Nacional dos Jovens Agricultores e do Desenvolvimento Rural (CNJ), entre outros.