Foto: Logo UTAD
[Imprimir]

Numa organização da Escola Superior de Saúde da Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro (UTAD), vai ter lugar, nos próximos dias 13 e 14 de outubro, o II Congresso Internacional de Saúde, sob o tema “Um Compromisso Intergeracional e Multidisciplinar”, que contará com as intervenções de conceituados especialistas e investigadores portugueses e brasileiros para debaterem a saúde no ciclo de vida, sobretudo nos grupos vulneráveis, em diferentes áreas científicas, desde a enfermagem, a medicina, o serviço social, a psicologia, a reabilitação, a nutrição, entre outras.

Dos vários especialistas, realça-se a presença do conhecido médico nutricionista José Maria Tallon para falar sobre como “auto aprender a comer”. O congresso pretende assim ser um espaço e um tempo de reflexão entre especialistas de diferentes áreas da saúde e o público em geral, estudantes, profissionais e outros interessados, em questões emergentes no âmbito do processo de saúde e de doença.

Entre as conferências e painéis, destacam-se as relacionadas com a saúde no envelhecimento, as intervenções comunitárias em saúde, nos contextos sociais desfavorecidos e doação / transplante de órgãos. Os participantes podem ainda apreciar e debater outras questões da saúde de âmbito intergeracional e multidisciplinar nas sessões de apresentação de comunicações livres e posters.

Os trabalhos decorrerão no edifício da Escola Superior de Saúde da UTAD. A conferência de abertura, no dia 13, pelas 9h, será proferida pelo professor catedrático Vasconcelos Raposo sobre “Multidisciplinaridade, interdisciplinaridade e transdisciplinaridade: implicações para a formação e prática profissional na saúde”.

Para mais informações contactar: Prof.ª Maria João Monteiro | 914 101 792

Site do Congresso [VER ]