Cartaz: SyOptA2017
[Imprimir]
A empresa Polo – Produtos óticos, S.A. (Polo), sediada em Vila Real e o Departamento de Física da Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro (UTAD) organizaram, no âmbito de um projeto de R&I envolvendo indústria e universidade, o Simpósio OptA 2017 – Aplicações óticas – Ligação da investigação ao fabrico: acelerar a transferência de investigação básica para o utilizador, no passado dia 20 de outubro de 2017, no Auditório de Ciências Florestais, no campus da UTAD.
O programa do simpósio foi organizado em duas partes, uma mais académica promovida para os alunos das licenciaturas e mestrados na área da Bioengenharia e Engenharia Biomédica. A segunda destinada principalmente a profissionais do comércio de produtos óticos e optometristas.
Na primeira parte foram apresentados os projetos de I&D, em curso envolvendo a UTAD e a empresa Polo e tiveram lugar duas palestras por investigadores convidados, uma por Sandra Mogo, investigadora do Departamento de Física da Universidade da Beira Interior, intitulada “A radiação solar e o sistema visual humano – filtros de proteção ocular” e outra por António Marques Pereira, investigador do Departamento de Física da Universidade do Minho, intitulada “Desenhos óticos no controle da progressão da miopia”.
Na segunda parte foram apresentados produtos fabricados pela empresa Polo, e que “resultam da mais recente investigação e desenvolvimento do conhecimento na área da ótica oftálmica”, o doutorando André Polónia apresentou o novo revestimento FIBOSAFIRAuv, desenvolvido também pela Polo, para “melhorar a resistência das lentes à abrasão” e o Javier Tujillo da IOT (Indizen Optical Technologies, Espanha) apresentou a nova linha de lentes Progidy 180, fabricadas com a moderna tecnologia Camber®.