Foto: teatro
[Imprimir]
Sob o lema “Música e Movimentos Partilhados”, o II Encontro Universitário Euroregional de Música e Artes Performativas, teve lugar em Santiago de Compostela e juntou as universidades galegas e do norte de Portugal.
A primeira sessão deste Encontro realizou-se a 28 de novembro, na Igreja Universitária, em Compostela, com “Romance of the Parchment”, dramatização promovida pela Universidade de Vigo com Luis Corral “O Caruncho” (ou cego) e Chus Iglesias (lazarilla), o Fado Acadêmico do Orfeão da Universidade do Porto, o Ensemble de Percussão da Universidade do Minho, e culminando com a Orquestra da Universidade de Santiago de Compostela, que interpretou duas peças orquestrais de Astor Piazzolla.
A segunda sessão, no dia 29 de novembro, no Teatro Salón, começou com a projeção de três curtas do 15º Prémio Audiovisual de Criação da Universidade de Vigo nas modalidades de narrativa, animação e vídeo experimental.  Seguiu-se o grupo da Aula de Teatro da Universidade de Santiago de Compostela, com a peça “Sonche Bicos”, seguida das coreografias “Clássicos Max Mix” pelo Grupo de Dança Contemporânea da Universidade de Corunha e “Trigonometria do Streap Tease” pelo Espaço de Dança da Universidade de Santiago de Compostela.
O programa terminou com o projeto “31 Horas”, que juntou o grupo “Sons do Douro” e um vasto conjunto de estudantes de Teatro e Artes Performativas da UTAD, num espetáculo de música e dança que combinou os sons da percussão tradicional portuguesa e ritmos contemporâneos.
Recorde-se que o I Encontro Universitário Euroregional de Música e Artes Performativas teve lugar em Vila Real na primavera de 2016, tendo sido integrado na programação da Capital de Cultura do Eixo Atlântico celebrada em Vila Real.