[Imprimir]

A Semana de Geoquímica, que se realiza desde 1977, decorreu pela segunda vez na Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro (UTAD), Vila Real, Portugal, entre 25 e 29 de março de 2018. Em simultâneo, realizou-se pela primeira vez nesta instituição o Congresso de Geoquímica dos Países de Língua Portuguesa, na sua XIV edição.

A organização deste evento foi assegurada pelo Departamento de Geologia da UTAD, dando continuidade às edições dinamizadas pelo Grupo de Geoquímica da Sociedade Geológica de Portugal, que decorreram em diversos países de expressão portuguesa, nomeadamente Portugal, Angola, Brasil, Cabo Verde e Moçambique.

Trata-se de um importante evento que promove a discussão e a interdisciplinaridade de temas científicos e técnicos entre profissionais da área da Geoquímica da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa. Tradicionalmente, a Geoquímica é a ciência responsável pelo conhecimento de processos geológicos que ocorrem tanto no interior como na superfície do planeta Terra, bem como em outros domínios do Sistema Solar. Contudo, atualmente, o âmbito de investigação alargou-se a um conjunto tão vasto e complexo de sistemas geoquímicos, na busca da identificação e descrição dos ciclos em estreita relação com outras ciências como Química, Biologia, Física, Ecologia, Engenharia, etc., o que levou a considerar como objetivo principal deste congresso a reflexão sobre a “Geoquímica ao serviço da economia, ambiente e sociedade”.

O evento envolveu a participação de investigadores, docentes e alunos de 2º e 3º ciclo, num total de 142 participantes provenientes sobretudo de Portugal (83), Brasil (55), Moçambique (2), Cabo Verde (1), Guiné Equatorial (1) e a apresentação de 125 comunicações (70 orais e 55 em poster), distribuídas por 10 temas. As atividades incluíram também três minicursos com temas diversos que decorreram dia 25, cinco conferências plenárias e três saídas de campo, no dia 29.

A Comissão Executiva salientou que a “realização destes eventos é um importante contributo para o desenvolvimento da área científica da Geoquímica, cada vez mais fundamental e importante na compreensão das temáticas associadas ao conhecimento dos processos e recursos geológicos, às preocupações ambientais e ao bem-estar da sociedade”.