Foto de grupo
[Imprimir]

Reputados investigadores nacionais e estrangeiros estiveram presentes X Jornadas de Genética e Biotecnologia de 7 a 9 março, na aula magna da UTAD. A organização pretendeu assinalar o evento com a promoção de contactos entre alunos da licenciatura e a Academia com importantes investigadores e projetos executados nas diversas áreas do saber cientifico.

Ao todo, foram três dias preenchidos com palestras, debates, workshops e apresentações orais, numa organização do Núcleo de Estudantes de Genética e Biotecnologia e do Departamento de Genética e Biotecnologia, e que contou com mais de 200 participantes de diferentes nacionalidades.

Uma das oradoras foi Sandra Louzada Pereira, antiga estudante de mestrado e doutoramento da UTAD em Genética, e que desde 2012 éinvestigadora sénior no Grupo de Citogenética Molecular no Wellcome Trust Sanger Institute em Cambridge. Participou num artigo publicado na revista Nature sobre as ligações entre o álcool e o cancro através da análise do ADN em células estaminais de ratinhos.

Também neste evento esteve Bruno Bernardes de Jesus que, em conjunto com Maria do Carmo-Fonseca, conduziu uma investigação que permitiu perceber como retardar o envelhecimento ao “reverter células adultas em células estaminais” em ratos envelhecidos. Este artigo foirecentemente publicado na revista Nature.

E ainda a investigadora post-doc no departamento de Genética da Universidade de Barcelona​, Roser Urreizti Frexedas, que desenvolve atualmente a sua investigação principal no estudo de doenças raras, tendo também vários estudos em osteoporose e fraturas atípicas.

O  jornalista e comentador económico, Camilo Lourenço, encerrou o encontro, com uma palestra cujo titulo sugestivo explicava como “não morrer pobre”.

Estas jornadas conseguiram assim reunir um conjunto de oradores notáveis que deram destaque ao que tem sido desenvolvido e descoberto no âmbito da genética e biotecnologia.