[Imprimir]

Este projeto foi desenvolvido sob a responsabilidade de um docente e investigador da UTAD.

A empresa Tojaltec, de Tondela, obteve o primeiro prémio na categoria “Tecnologias e Processos” do no Concurso PME-4Inova, com o projeto “AmbiVap” desenvolvido em parceria com a Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro (UTAD), sob a responsabilidade do docente e investigador desta universidade, João Claro.

O projeto AmbiVap pretende testar e validar uma linha piloto de um evaporador solar para efluentes e águas residuais do sector do azeite, com potencial aplicação em outros sectores, sobretudo da indústria agroalimentar. Este projeto inclui uma abordagem inovadora que lhe valeu este primeiro prémio.

O concurso 4INOVA pretende incentivar a incorporação de inovações no tecido empresarial das regiões Centro e Norte de Portugal, bem como demonstrar as potencialidades e benefícios, a nível de produtividade e competitividade, das empresas mais inovadoras e expostas a concorrência nacional e internacional.

Neste âmbito as Associações Empresariais NERVIR, AIRV, AEBB e NERGA organizaram entre 5 e 9 de março, a Semana da Competitividade e Inovação 4INOVA.PT, que encerrou com um jantar-conferência na Guarda, e que integrou a cerimónia de entrega de prémios.

O Concurso 4INOVA visou identificar e apoiar as empresas mais inovadoras nas seguintes áreas: Tecnologia e Processos; Produtividade; Gestão e Qualidade; Estratégia, Marketing e Comunicação; Tecnologias de Informação; Sustentabilidade e Eficiência Energética e Intersector.