[Imprimir]

Já são conhecidos os vencedores do Prémio Douro Criativo.

A 27 de junho, o projeto DOURO CREATIVE HUB celebrou a criatividade, na “gala” de atribuição de prémios referentes ao concurso “Prémio Douro Criativo”. Os finalistas das ideias e projetos fizeram uma apresentação pública no auditório do Teatro de Vila Real.

O Prémio, de âmbito nacional, divide-se em três concursos e pretende valorizar ideias e projetos desenvolvidos por pessoas e/ou entidades cuja atividade está enquadrada numa das áreas das Indústrias Criativas, mas também mostrar a importância deste setor para o desenvolvimento das mais diversas atividades da região do Douro, nas suas mais diferentes vertentes: desde funcionar como uma alavanca de negócios e estruturação de novos produtos e serviços, passando pela integração social, aumento de coesão territorial, notoriedade, diferenciação, inovação, etc.

O Projeto DOURO CREATIVE HUB é promovido pela Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro e cofinanciado pelo Sistema de Apoio às Ações Coletivas para Territórios de Baixa Densidade – Promoção do Espírito Empresarial, no âmbito da operação NORTE2020, Portugal 2020

Nesta cerimónia foram conhecidos os vencedores dos três concursos, a saber:

Concurso 1 “Ideias de Negócio na área das Indústrias Criativasque integra quatro Categorias, vencedores:

  • João António Rodrigues Teixeira, com o projeto Rodinha, na Categoria 1 – Arquitetura e Artes Visuais.
  • Diogo Taveira com o projeto Banda Sinfónica Transmontana – Plataforma das Artes, na Categoria 2 – Música e Artes Performativas.
  • Fábio Augusto Monteiro Xavier com o projeto diSER Multimedia, na Categoria 3 – Conteúdos e Novos Média.
  • Bruno Filipe Gonçalves Coelho com o projeto Douro Alive na Categoria 4 – Turismo E Património

Concurso 2 “Projetos Ligados às Industrias Criativas”, que integra duas categorias, vencedores:

  • Categoria 1 “projetos já realizados” o vencedor foi  “897 _ da Foz até aos Picos de Urbión” promovido pela Fundação Museu do Douro;
  • Ainda na Categoria 1 o Júri decidiu atribuir uma Menção Honrosa ao Festival “Solstício de Verão” da Câmara Municipal de Torre de Moncorvo.
  • Na categoria 2 “projetos a realizar”, o vencedor foi o projeto “Lago dos Caretos – A sagração da Prima Vera” de Luís Filipe Santos.

Concurso 3 “Entidades coletivas que incorporam as Industrias Criativas” o vencedor foi a Casa de Pasto Chaxoila. O júri decidiu também atribuir uma menção Honrosa ao Município de Sabrosa/Espaço Miguel Torga (Sons da Montanha | Arquivo Sonoro de São Martinho de Anta).