[Imprimir]

O IX Plenário da Rede CRUSOE (Conselho de Reitores das Universidades do Sudoeste Europeu) realizou-se a 4 de julho na UTAD. Neste estiveram presentes 15 das 23 instituições de ensino superior que a integram, do Norte e Centro de Portugal, Castela e Leão, Astúrias, Cantábria e Galiza.

Deste plenário resultou a eleição do novo Presidente e da Comissão Executiva. Rui Vieira de Castro, reitor da Universidade do Minho, substitui o anterior presidente, Salustiano Mato, da Universidade de Vigo. “Este é um desafio novo e estimulante”, afirmou o novo presidente, que salientou também a necessidade de as universidades fazerem “convergir as suas estratégias”.

Com uma agenda muito preenchida foram abordados temas como a demografia, recursos e potencial dos territórios e a cooperação transfronteiriça, assuntos que “têm de estar nas politicas europeias”, segundo Salustiano Mato.

Desta reunião ficou também a vontade de “ampliar esta rede” para criar uma “grande região do Eixo Atlântico”, o que a tornaria numa das três maiores redes de universidades da Europa”, conclui o reitor da UTAD, Fontainhas Fernandes.

Recorde-se a Conferência de Reitores do Sudoeste Europeu integra uma população universitária de cerca de 500.000 estudantes, sendo seus principais propósitos a promoção da mobilidade entre docentes, investigadoras/es e estudantes e a colaboração ao nível da investigação científica e o desenvolvimento regional, com atenção especial para seis áreas: Água; Setor primário; Saúde; Património material e imaterial; Energia e meio ambiente; e Desenvolvimento inter-regional.