[Imprimir]

As ilustrações são de uma antiga estudante da UTAD.

 

Marta Varela, da startup Milustra D’Ouro, instalada na Incubadora de Empresas da Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro (UTAD), numa parceria realizada com a marca de cafés CHRISTINA, ornamentou uma coleção de 11 pacotes de açúcar com ilustrações alusivas à doçaria e gastronomia Transmontana e Alto Duriense.

O trabalho gráfico desenvolvido para a marca Cafés CHRISTINA conta com diversas “personagens” ilustradas,  entre estas os famosos Covilhetes (pastel de massa folhada com recheio de carne), as típicas Ganchas (rebuçado em forma de gancho que tem associada uma tradição que envolve outro doce tradicional – o Pito), as incontornáveis Cristas de Galo (doce conventual) , os Cavacórios de Vila Real (doce de claras em forma de taça, tradicionalmente consumido com vinho do Porto, dentro), o Folar de Valpaços, os Rebuçados da Régua (manufaturados pelas típicas vendedoras), os Pastéis de Chaves (pastel de massa folhada com recheio de carne), e as Bôlas de Lamego.

As ilustrações são acompanhadas de trocadilhos e de pequenas curiosidades acerca da iguaria ou das localidades a que dizem respeito, e a coleção já está a ser distribuída a nível nacional, em cafés e restaurantes, que trabalham com a marca de cafés CHRISTINA.

A Milustra D’ouro é uma marca de merchandising cultural e turístico, cujos produtos são constituídos por ilustrações personalizadas, de caráter divulgativo, que regista aspetos inerentes à identidade de cada local da Região Transmontana e Alto Duriense, e aborda aspetos culturais, históricos, tradições e pontos de interesse.

Um dos objetivos desta startup é fomentar o turismo e a divulgação da Região de Trás-os-Montes e Alto Douro, de forma autónoma ou em parceria, através da execução de conteúdos gráficos para produtos de terceiros, como é o caso desta nova coleção de pacotes de açúcar.