[Imprimir]

Gilberto Igrejas, Docente e Investigador do Departamento de Genética da UTAD, foi designado pelo Governo como Presidente do Instituto dos Vinhos do Douro e do Porto, I.P. (IVDP) para um mandato de cinco anos. O investigador foi indicado para o cargo por Despacho do Secretário de Estado da Agricultura e Alimentação, na sequência de “procedimento concursal”.

O IVDP tem por missão promover o controlo da qualidade e quantidade dos vinhos do Porto, regulamentando o processo produtivo, bem como a proteção e defesa das denominações de origem Douro e Porto e indicação geográfica Duriense.

Nota Biográfica

Gilberto Igrejas é Professor Associado com Agregação na UTAD e Doutorado em Genética e Biotecnologia (2001) pela Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro (UTAD). Desde 2001 leciona, como regente, a Unidade Curricular de Genética ao Curso de Enologia. É Membro integrado do Grupo de Investigação (Bio)Chem & OMICS, do Laboratório Associado para a Química Verde, LAQV-REQUIMTE, da Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade Nova de Lisboa. É Coordenador da Unidade de Genómica Funcional e Proteómica da UTAD tendo orientado mais de uma centena Alunos de Pós-Doutoramento, Doutoramento, Mestrado e Estágio Final de Curso e participado em cerca de duas centenas de júris de provas académicas. Tem publicado cerca de cinco centenas de artigos, designadamente em jornais com arbitragem científica internacional, capítulos em livros, comunicações orais, comunicações em reuniões científicas, artigos em revistas técnicas e científicas e séries pedagógicas. É Investigador-Responsável de vários programas de cooperação científica e técnica, entre Portugal e Espanha e Portugal e França. É Editor Associado de jornais científicos de circulação internacional e revisor de mais de duas dezenas de revistas científicas. Em reconhecimento pela sua contribuição no avanço científico na área da proteómica, recebeu em 2017 o “Award to a Career in Pioneering Science”.