UTAD parceira do projeto “SDGs Labs – making the SDGs our business”

Nos passados dias 17 e 18 de janeiro decorreu na Vienna University of Economics and Business (WU Wien – Áustria) a reunião de kick-off do Projeto “SDGs Labs – making the SDGs our business”.

Este projeto europeu, aprovado e financiado pelo Erasmus+ Programme, tem a UTAD como parceira, está integrado nas medidas Key Action 2 – Cooperation for Innovation and the Exchange of good practices – Knowledge Alliances, e pretende estreitar a cooperação entre as instituições de Ensino Superior e as empresas, para fortalecimento da capacidade inovadora no espaço europeu.

Nesta reunião de trabalho estiveram presentes os docentes e investigadores da UTAD Artur Sá e Carla Amaral que, durante dois dias, prepararam o arranque do projeto e as atividades a desenvolver no curto prazo.  Além da UTAD, são também parceiros portugueses o Regia-Douro Park  e a CeifaCoop. Os restantes parceiros são a Vienna University of Economics and Business (WU Wien), Coordenadora do Projeto, a University of Vechta (Alemanha), o Terra Institute (Itália), a Iseki-Food Association (IFA) (Áustria), e a empresa Wiesenhof (Alemanha).

A economia do setor agroalimentar na Europa debate-se com incertezas futuras relacionadas com as consequências multidimensionais das alterações globais, particularmente no que se refere às condições climáticas que afetam a disponibilidade de recursos hídricos, a utilização de terras ou a biodiversidade. Estas dificuldades refletem-se num potencial aumento de conflitos económicos e sociais que é necessário ultrapassar. Assim, o setor agroalimentar tem de aumentar a sua capacidade inovadora, identificando novos processos, produtos ou serviços que contribuam para ultrapassar a influência disruptiva das alterações globais.

Este projeto pretende utilizar os SDGs (Objetivos de Desenvolvimento Sustentável) da Agenda 2030 das Nações Unidas, vistos como oportunidade ímpar para trazer inovação às empresas, garantindo o desenvolvimento sustentável e a competitividade neste setor particular. Este projeto KA estimulará a troca de conhecimento, providenciando novas abordagens de treino, colaboração e ensino, de forma a traduzir e introduzir na prática diária das empresas do setor agroalimentar europeus os SDGs, enquanto injetores de inovação e transformação empresarial, independentemente da dimensão ou lugar na cadeia de valor que a empresa tenha.