[Imprimir]

A UTAD e a Biblioteca Municipal de Vila Real (BMVR) promoveram em conjunto mais uma edição da Sessão Nobel, com a colaboração de investigadores da UTAD que fizeram uma apresentação pública dos prémios Nobel 2018. A sessão realizou-se a 26 de janeiro, no auditório da BMVR, com cinco apresentações dos prémios de 2018: o Nobel da Física, atribuído às ferramentas de luz, com apresentação por Francisco José Marinho do Departamento de Física; o Nobel da Química, para a evolução dirigida das enzimas e a identificação fágica de peptídeos e anticorpos, apresentado por Rui Bezerra do Departamento de Biologia e Ambiente; o Nobel da Medicina ou Fisiologia, para a terapia do cancro por inibição da regulação imunitária negativa, com apresentação de Paula Alexandra Oliveira do Departamento de Ciências veterinária; o Nobel da Economia, atribuído pela integração das alterações climáticas e da inovação na análise económica de longo termo, apresentado por Lívia Madureira, do Departamento de Economia e Gestão; e  o Nobel da Paz, pelo esforço para terminar com a violência sexual como arma de guerra em conflitos armados, será apresentado por Eliza Gomes Torre, do Departamento de Letras, Artes e Comunicação.

Como a especialização do conhecimento científico e a complexidade da investigação subjacente a alguns dos contributos não permite ao cidadão comum perceber a importância ou a pertinência de algumas distinções, esta sessão Nobel, tentou ilustrar as ideias, as obras e descobertas distinguidas, revendo os trabalhos desenvolvidos pelos laureados ao longo de uma carreira e explicando o impacto das suas descobertas.

O prémio Nobel constitui, talvez, o mais prestigiado galardão de uma academia científica e anualmente suscita grande interesse da sociedade civil, pois distingue contributos e descobertas, que para Academia Sueca, são os mais extraordinários para o progresso e o conhecimento da humanidade, de acordo a vontade testamentária de Alfredo Nobel.