[Imprimir]

A agenda cultural 2019 da UTAD, promovida pelo Grupo de Missão para a Cultura e que conta com vários parceiros dentro e fora da instituição, será subordinada ao tema “Universidade, Democracia e Cidadania”. Esta incluirá um conjunto diversificado de iniciativas, algumas das quais com o patrocínio do Santander Universidades, ao abrigo do protocolo estabelecido em 2017. Indica-se a seguir algumas das iniciativas mais emblemáticas:

No final de fevereiro será inaugurada na Biblioteca a exposição “Santas Migrantas”, da artista plástica Luz Darribas, galardoada com o Prémio Cultura Galega 2018. Outras exposições se seguirão ao longo do ano, com destaque para a retrospetiva fotográfica da história e do campus da UTAD, que deverá ser inaugurada no dia 21 de março, na nova entrada da reitoria, e para a exposição “UNIBERARTE: El Arte de Los Suenos”, do pintor Alejandro Garcia e do escultor Pedro Rey, a partir de 15 de abril, na sala de exposições da Biblioteca.

No cinema, será dada continuidade ao ciclo “Olhares do Mediterrâneo”, em parceria com o Teatro de Vila Real, com 12 filmes exibidos e comentados entre 16 e 19 de março, ao CineEco, entre 7 e 9 de maio, e ao DocLisboa, estes últimos em datas a anunciar.

Nas artes performativas, destaque para o UTAD – Artes, II Mostra de Teatro, promovido pelo curso de Teatro e Artes Performativas, entre 14 e 17 de maio, e para o VI Festival Internacional de Teatro e Artes Performativas, entre 29 de março e 7 de julho. A 1 de outubro, como vem sendo habitual, será comemorado o Dia Mundial da Música, com iniciativas em todo o campus.

Entre 13 de 16 de junho terão lugar os XIV Encontros de Primavera, em Miranda do Douro, com atividades que cruzam as artes plásticas, o cinema e o debate sobre temas contemporâneos. Quanto a debates, teremos um novo ciclo de “Conversas sobre Ciência e Cultura”, em parceria com a Fundação da Casa de Mateus, em torno do tema “Universidade”, e será lançada a iniciativa “Universidade: do conceito à concretização, do ontem ao amanhã”, com um ciclo de conferências que estimularão a participação e reflexão da academia, e realizado uma jornada cultural dedicada ao Brasil, sob o mote “De Vila Real ao Brasil e Vice-Versa”, com datas a definir.

No restaurante Panorâmico continuarão, ao longo do ano, as tertúlias “Luz sobre(a)mesa”, e as provas comentadas de vinhos, “In Vino Veritas”, uma vez por mês, assim como não faltarão as “Aulas Abertas”, com convidados de dentro e de fora, explorando temáticas “fora da caixa”.

Com o objetivo de servir a comunidade académica, assim como todos os demais interessados, será realizada em maio a “master class” sobre “Fundraising para projetos criativos e culturais, através do patrocínio, mecenato e crowdfunding”, com a duração de 12 horas.

Convidamos todos os interessados a participar. As iniciativas da Agenda Cultural serão objeto de ampla divulgação, dentro e fora da academia. Mantenham-se atentos/as!