[Imprimir]

O Ministro da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, Manuel Heitor, esteve a 21 de março na UTAD onde fez a apresentação do novo Centro Fraunhofer em Portugal.

Especialmente voltado para as áreas do vinho e da vinha, agricultura de precisão e gestão da água, este novo Centro vai ficar instalado no Regia-Douro Park, em Vila Real, no âmbito de uma parceria com a UTAD, e representa um “avanço notável na afirmação internacional da Instituição”.

Integrada nas Jornadas PERIN 2019 “+Ciência +Europa”, um roteiro do MCTES sobre a Rede Europeia de Ciência e Inovação, marcaram presença nesta apresentação pelo governante especialistas em agricultura de precisão e empresários ligados ao setor do vinho, assim como a Diretora da Fraunhofer Portugal, Liliana Fernandes,  que anunciou a criação de cerca de “20 novos postos de trabalho qualificado” neste novo Centro, que vai “desenvolver quintas experimentais para uma nova geração da agricultura: a agricultura de precisão”.

Tendo em consideração os desafios que agricultura global enfrenta, devido ao crescimento da população e às mudanças climáticas, novas abordagens de alta tecnologia são necessárias para responder a estes desafios, pelo que a “gestão de água ligada a sistemas inteligentes de agricultura” será tema de abordagem cientifica e tecnológica, salientou Emídio Gomes, vice-reitor da UTAD para a Investigação e Inovação. A disponibilidade de água é uma questão importante neste contexto, e está “intimamente ligada ao tratamento de águas residuais e à reciclagem da água em todos os setores da sociedade”.

Além das áreas de trabalho a desenvolver, a parceria entre empresas que contribuem para o desenvolvimento de competências e de inovação, torna-se fundamental, sobretudo na ligação do tecido empresarial ao académico e na criação de emprego qualificado o que, faz de “Vila Real um polo de atração de emprego qualificado”, afirmou Manuel Heitor.

 

Créditos da Foto: Francisco Ribeiro