[Imprimir]

Com o objetivo de propor uma agenda estratégica para o desenvolvimento do turismo na região, numa visão antropológica, acaba de ser publicado o Relatório da situação e potencialidades turísticas da Comunidade Intermunicipal de Terras de Trás-os-Montes, com o foco em Mirandela, Macedo de Cavaleiros e Bragança.

A autoria deste estudo é do docente e investigador da Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro (UTAD) Xerardo Pereiro, e o mesmo foi realizado para o Eixo Atlântico do Nordeste Peninsular, que agora editou a publicação. Este relatório realça as potencialidades do turismo em zonas do interior como Trás-os-Montes bem como a necessidade de este ser devidamente planificado. Nele se destaca também a oferta turística em cada um dos municípios em foco e as estratégias e ações propostas para um turismo responsável, num exercício feito com base na observação e escuta ativa dos agentes sociais do turismo na região, especialmente os técnicos, os políticos, os gestores e empresários turísticos, associados à experiência acumulada do investigador.

Xerardo Pereiro, professor auxiliar com agregação da UTAD, é também agregado em antropologia pelo ISCTE (Lisboa), “doutor europeu” em antropologia sociocultural pela Universidade de Santiago de Compostela (Galiza) e doutor “internacional” em turismo pela Universidade de La Laguna (Canarias – Espanha).