[Imprimir]

O espetáculo “Prisionante” juntou estudantes voluntários e reclusos na aula Magna da UTAD.

No âmbito do projeto de voluntariado da UTAD, no estabelecimento prisional de Vila Real, resultou o “Prisionante”, apresentado a 4 de junho na aula magna da UTAD, com performance de reclusos deste estabelecimento prisional e de estudantes da licenciatura de Animação Cultural e Comunitária da UTAD.

Este espetáculo, que integra diversas formas de arte, valoriza a animação teatral, musical, lúdica, dança e poesia como “meio de expressão e reflexão artística de temas cotidianos” e trabalha sobretudo as emoções através do teatro, da musica, da poesia. A arte foi assim a forma encontrada para a “libertação temporária” destes reclusos e “crucial na sua inserção na sociedade” destacou Artur Cristóvão, vice-reitor da UTAD.

Neste espetáculo participaram 10 reclusos e quatro estudantes. Daniela Mendes, realçou a experiência no relacionamento com os reclusos, nos ensaios da peça, que classificou de “experiência inesquecível’. Estes estudantes optaram por fazer estágio profissional no estabelecimento prisional e criar um espetáculo segundo os “gostos dos reclusos que que fizeram, que idealizaram, pelo que o espetáculo é deles”.

Maria Celeste Carvalho, diretora do estabelecimento prisional salientou que ações deste tipo contribuem para o melhoramento das “competências dos reclusos”, o que lhes permite enfrentar “os problemas de outra forma” e realçou ainda a colaboração com a UTAD em iniciativas de ligação à sociedade.