Universidades declararam emergência climática

Várias redes de Instituições de Ensino Superior, que representam mais de sete mil universidades declararam emergência climática através de uma carta aberta. A UTAD associou-se à iniciativa e está incluída neste grupo.

Promovida pela Alliance for Sustainability Leadership in Education, de que a UTAD é membro desde 2016, aHigher Education Climate Action Organisation e a Environment’s Youth and Education Alliance das Nações Unidas, nesta carta são destacados o compromisso com a neutralidade carbónica entre 2030 e 2050; a mobilização de mais recursos para a promoção da investigação e das competências de combate às alterações climáticas; e o aumento das iniciativas de ensino e aprendizagem nas áreas do ambiente e da sustentabilidade, em todas as áreas de ensino, bem como dos programas educativos no campus e na comunidade.

“O que ensinamos molda o Futuro”, afirmou Inger Andersen, Diretor Executivo da United Nations Environment, tendo reiterado o acolhimento a esta iniciativa e o compromisso das Universidades para um clima neutro até 2030.

A expetativa é de que esta iniciativa seja acolhida por mais de dez mil universidades antes do final de 2019, com o apoio dos respetivos governos.