[Imprimir]

UTAD lançou desafio aos professores.

Mais de duas centenas de professores de vários pontos do país participaram na Universidade de Trás-os-Montes (UTAD), nos dias 17, 18, 19 e 20 de julho, em cursos de formação centrados na atualização científica, didática e na Preservação e Valorização do Douro Património Mundial, coordenados por Isilda Rodrigues, docente e investigadora do Departamento de Educação e Psicologia.Envolvendo todos os graus de ensino, a iniciativa pretendeu contribuir para o aumento de competências e para a sensibilização dos professores e, posteriormente, dos seus alunos e familiares, para a preservação e valorização da região classificada pela UNESCO, na qual se deve proceder a um desenvolvimento territorial sustentado contemplando aspetos sociais, económicos e culturais.

Os conteúdos abordados desenvolveram-se em torno dos seguintes temas: Património cultural imaterial, literatura oral tradicional, linguagem, geologia do Douro, sustentabilidade da produção ambiental, produção e avaliação sensorial do Vinho do Porto, estratégias para a preservação e valorização do Douro, alterações climáticas no Douro, educação em ciência, matemática, entre outros. Os diversos módulos dos cursos foram ministrados por Alexandre Parafita, Alice Vilela, Ana Paula Vale, Artur Sá, Cristina Marques, Cristina Oliveira, Helena Teles, Isilda Rodrigues, Jorge Azevedo, Maria João Amaral, Sandra Ricardo, Teresa Rangel.

Os participantes e os formadores realizaram ainda uma saída de campo a diversas zonas do Douro, com especial atenção a S. João da Pesqueira e S. Salvador de Mundo, para observarem aspetos focados nas sessões.