[Imprimir]

A UTAD recebeu pela primeira vez a EPIA-2019, 19th EPIA Conference on Artificial Intelligence, uma conferência internacional sobre Inteligência Artificial (IA). Já na 19ª edição, esta conferência teve lugar entre 3 e 6 setembro de 2019, e foi organizada por docentes do Departamento de Engenharias da UTAD com o apoio da Associação Portuguesa para a Inteligência Artificial (APPIA). O objetivo global foi promover a divulgação de investigação em todas as áreas associadas à IA, e foram abordados temas teóricos e práticos (aplicação) e também intercâmbios científicos entre investigadores e praticantes de IA.

Esta conferência internacional, contou com cerca de 200 participantes de vários países, entre eles cientistas de renome mundial, nomeadamente Marco Dorigo, Professor da Universidade Livre de Bruxelas na Bélgica, com a palestra “Swarm robotics: recent results and new research directions”; Michael Wooldridge, Professor da Universidade de Oxford, com a palestra “Understanding Equilibrium Properties of Multi-Agent Systems” e Albert Bifet, Professor na Telecom ParisTech, França, com a palestra “Machine Learning for Data Streams”.

Além dos temas abordados por estes cientistas, a relevância crescente da IA em todos os domínios científicos foi refletida em 19 sessões temáticas, nomeadamente inteligência artificial na Educação, em Jogos, Internet das Coisas na Agricultura, Sistemas Legais, Medicina, Sistemas Ciber-Físicos e Sistemas Embebidos Distribuídos, Sistemas Elétricos, de Energia,  Sistemas de Transportes, Vida Artificial e Algoritmos Evolucionários, Ambiente e Ambientes Afetivos, Aplicações da Inteligência Artificial nos Negócios, Robótica Inteligente, Extração de Conhecimento e Inteligência Empresarial, Representação de Conhecimento e Raciocínio, Sistemas Multi-Agente: Teoria e Aplicações, Simpósio Doutoral em Inteligência Artificial, Simulação e Modelação Social, Tratamento de Texto e Aplicações.

Esta conferência contou com os patrocínios de empresas de referência na área de IA como a SISCOG e DEVSCOPE e com o apoio institucional de vários Institutos de Investigação Científica, nomeadamente INESC-TEC, CENTRO ALGORITMI, LIACC e GECAD.